A cantora de Show da PoderosasAnitta, fez uma defesa das mulheres em texto publicado sábado (22) como colunista convidada do jornal Extra. “A mulher não deve ser submissa, tem que se respeitar e respeitar o outro, em primeiro lugar”, afirmou.

Em seguida, ela explicou seu ponto de vista. “Hoje muitas mulheres querem ter o mesmo comportamento que o homem em várias situações. E nem tudo o que eles fazem é bonito. Sair e pegar várias meninas na night não é legal. Mas respeito quem age assim”.

Veja Anitta em Show da Poderosas 

A estrela, que também no sábado apresentou o show Chá da Anitta, na Fundição Progresso, no Rio de Janeiro, escreveu ainda sobre sua intenção com Meiga e Abusada, outro hit da cantora carioca: “Aviso no início da música ‘Meiga e abusada’: ‘Eu posso conquistar tudo que eu quero!’ E sempre tento cantar as situações que já vivi, e falar sobre aquilo que acredito. Muitos caras inventam que estão cansados da vida de solteiro, que querem parar e namorar um pouco, quando na verdade falam isso só para te enrolar. Queria mostrar na música que a gente pode muito bem fingir que está sendo enrolada e acabar com homens como eles”, detonou.

Veja Anitta em Meiga e Abusada

No texto, com muito humildade, ela afirmou ainda que “não caiu a ficha de tudo o que está acontecendo”, antes de listar as conquistas: “Mais de 30 apresentações por mês, ingressos esgotados com dias de antecedência, música na trilha sonora da novela das nove, videoclipe gravado em Las Vegas e Show das Poderosas com quase 20 milhões de acessos no YouTube. Quando comecei a cantar aos 7 anos na igreja, em Honório Gurgel, Zona Norte do Rio de Janeiro, não sonhava um dia poder inspirar tantas meninas!”. 

Quase certo, só uma atualização, neste domingo de manhã, o clipe de Show das Poderosas já batia em quase 23 milhões.

Sem mais artigos