Fred Durst, o vocalista do Limp Bizkit, deu uma entrevista à revista Kerrang! onde admite que a banda já passou por fases melhores.

No artigo, Durst revela que o público americano não dá atenção à banda, e que o momento do grupo ficou para trás.

“Não fazemos uma turnê [nos Estados Unidos] desde 2006. O motivo? Eu não sei o que está acontecendo lá. Só dão atenção aos hits grudentos, e isso muda toda hora. Os EUA são dirigidos pelas vendas, é a casa das corporações. Nós somos o Limp Bizkit, e só sabemos ser o Limp Bizkit”, disse.

“No ano 2000, 35 milhões de pessoas estavam ligadas na banda. Doze anos depois, muitas dessas pessoas seguiram em frente. Nós fomos uma onda que passou”, avalia.

No início deste ano, o grupo assinou com a gravadora de hip-hop Cash Money Records, mas ainda não confirmou o lançamento de nenhum álbum.

Sem mais artigos