“Já era hora de gravar uma canção para os meninos”. Assim, George Michael justificou a homenagem que fez aos homossexuais em seu último disco, “Patience”. A música dedicada aos gays se chama “Flawless” (“sem falhas” em inglês) e com certeza vai agitar os clubes homossexuais. “Acho que muita gente vai dançar ao som desta canção”, apostou Michael.

“Patience” é o quinto álbum no qual George Michael também assina a produção. Com mais de 80 milhões de discos vendidos no mundo todo, o cantor é considerado um artista engajado, principalmente por suas críticas à guerra no Iraque e ao presidente George Bush, na música “Shoot the Dog”. Em 1998, George Michael foi detido por atentado ao pudor, quando já havia assumido sua homossexualidade.

Em entrevista à rádio londrina Magic FM, o cantor de 40 anos adiantou que seu próximo projeto musical será um álbum de duetos com alguma das grandes divas da música. “Até o momento tenho dois artistas em mente e é muito emocionante. Eu me sentiria muito honrado de trabalhar com qualquer uma das duas”, destacou, mas sem revelar os nomes. Em 1987, o músico dividiu o palco com Aretha Franklin e se tornou o primeiro branco a gravar com a artista. “I Knew You Were Waiting For Me” foi número um nas paradas de sucesso.

Sem mais artigos