A cantora Gloria Estefan fez uma doação de US$ 500 mil para a fundação responsável pela restauração do Estádio Marino, em Miami, que está fechado desde 1992, informou no domingo (29) a imprensa local.

A artista anunciou sua doação durante uma visita ao estádio, na qual acompanhou um grupo de artistas urbanos que faziam pinturas no local para depois vendê-las e arrecadar fundos.

Estefan lembrou que fez suas primeiras apresentações em um palco montado sobre as águas em frente à arquibancada do estádio na década de 80, quando alcançou o sucesso com o grupo The Miami Sound Machine com a música The Dr.Beat.

“Quis fazer a doação para mostrar que minhas ações estão de acordo com minhas palavras”, afirmou a intérprete, segundo o jornal “El Nuevo Herald”.

Gloria Estefan é a porta-voz há quase um ano do grupo Amigos do Miami Marino Stadium, organização designada pelo governo da cidade para a recuperação do lugar, atualmente abandonado e coberto de pinturas feitas por artistas de rua.

Com mais de US$ 10 milhões coletados até o momento, o grupo vê cada vez mais perto a meta final de US$ 30 milhões necessários para conseguir completar a restauração do estádio, apontado como um “tesouro nacional” pelo Fundo Nacional para a Preservação Histórica.

A data limite para reunir os US$ 30 milhões vence em janeiro de 2015.

Construído em 1963 e desenhado pelo cubano-americano Hilario Candela, o estádio tinha capacidade para mais de 6.500 pessoas e foi o primeiro feito nos EUA para corridas de barcos.

O local funcionou por quase três décadas, época em que também recebeu uma grande quantidade de shows, até que em função do furacão “Andrew” foi considerado inseguro e fechou suas portas em 1992.

Sem mais artigos