Anitta no Grammy Latino 2020

Agora o funk pode ganhar mais destaque na premiação do Grammy Latino. A mudança acontece após a inclusão do “funk brasileiro” nas especificações dos gêneros que estão elegíveis na categoria ritmos urbanos.

Além do funk, fazem parte desta categoria o rap, reggaeton, hip-hop, R&B, trap, dancehall entre outros. Estão elegíveis para a categoria, álbuns, single e performances. Uma das precursoras da inclusão do ritmo na premiação foi Anitta, que em 2014 recebeu a indicação pela primeira vez ao prêmio na categoria de melhor canção brasileira com a faixa “Zen”.

Desde então, a artista conta com 6 indicações à premiação nas categorias de Melhor Canção, Melhor Álbum e Melhor Interpretação. Além de Anitta, Cadi B também divulgou o funk nacional ao usar o sample de Pedro Sampaio na apresentação de “WAP” no Grammy deste ano. Apesar de não ser uma categoria única, a mudança abre margem para que o ritmo ganhe mais visibilidade na premiação.

Sem mais artigos