Sabe o Ultraviolance, aquele álbum da Lana Del Rey que já vendeu mais de 185 mil cópias e estreiou em primeiro lugar em vários países?

Então. A gravadora não queria lançá-lo.

“Teve um monte de besteiras com as quais eu não estou acostumado”, contou Dan Auerbach, do The Black Keys, produtor do álbum, para a Rolling Stone. Ele contou que a gravadora não queria dar dinheiro para continuar as sessões de gravação a não ser que eles pudessem ouvir o que eles estavam produzindo. E eles detestaram.

“A história que eu fiquei sabendo é que disseram para Lana ‘nós não vamos lançar este álbum que você e Dan fizeram, a não ser que você se encontre com o produtor da Adele’. Ele respondeu ‘beleza, tanto faz'”. A surpresa? O produtor de Adele disse que amou o disco e que não mudaria nada nele. “Então, de repente, o cara da gravadora disse ‘Bem, é, eu também acho que esse álbum é ótimo'”, disse Auerbach.

 

 

Gravadora não queria lançar 'Ultraviolance', de Lana Del Rey, produzido por Dan Auerbach

Sem mais artigos