O guitarrista Peter Banks, um dos membros fundadores do grupo de rock progressivo Yes, morreu aos 65 anos em sua residência em Londres, informou nesta quarta-feira (13) o site oficial do músico. Banks teria falecido na última quinta-feira, já que o guitarrista foi encontrado morto em sua casa depois que seus amigos estranhassem sua ausência em uma sessão de gravação, informa o comunicado divulgado hoje em seu site.

Seus companheiros de Yes, grupo de rock progressivo que foi criado em 1968 na capital britânica, expressaram um “profundo pesar” pela morte do amigo.
Segundo eles, Banks foi “uma peça enorme dentro do que se tornou o Yes”. “Nossos pensamentos, sinceras condolências e orações estão com ele e com sua família”, expressaram.

Nascido no bairro londrino de Barnet no dia 15 de julho de 1947, o guitarrista, cuja carreira se caracterizou pela diversidade musical, participou ativamente dos dois primeiros discos da mítica banda, o homônimo Yes, gravado em 1969, e Time And a World, de 1970.

Posteriormente, após passar uma breve temporada com o grupo Blodwyn Pig, Banks fez parte da banda Flash, com a qual gravou três álbuns antes de embarcar em outro novo projeto, o Empire.

Na última década, com seu constante desejo de se manter criativo, Banks fez parte de uma banda psicodélica chamada Harmony In Diversity e também se envolveu um projeto voltado à fusão de jazz, o Self-Contained.

Em carreira solo, Banks produziu e gravou um total de cinco álbuns, com destaque para Two Sides of Peter Banks, de 1973, que conta com a colaboração de Jan Akkerman e Phil Collins.

Apesar de sempre estar ligado à música, Banks alcançou fama internacional na década de 70 justamente com o Yes, grupo tido como um dos pilares rock progressivo ao lado de Pink Floyd, Genesis, King Crimson e Emerson, Lake & Palmer.

A banda, que no início seguia a influência direta dos Beatles, The Moody Blues e Crosby, Stills, Nash and Young, logo evoluiu em direção a um estilo próprio, caracterizado por complexas e carregadas harmonias, no qual também se destacava elementos de jazz e de música clássica.

Sem mais artigos