Ao som latino do “Miami Sound Machine” Gloria Estefan faz sua última apresentação em grande estilo no American Airlines Arena, em Miami, cidade que a cantora sempre fez questão de representar.

Gloria tem ao longo de sua vida uma história de muitas conquistas . A cantora foi para o Estados Unidos ainda bebê, fugindo com sua família do ditador Fidel Castro que havia tomado o poder político de seu país. Ainda jovem Estefan se juntou ao grupo “Miami Sound Machine” e, de 1976 a 1987, arrasaram o mundo com uma explosão latina, vendendo milhões de discos. O álbum Mi Tierra lançado em 1993, marcou o início de sua carreira solo e fez o mundo dançar mais uma vez aos ritmos latinos.

Sua última turnê “Re-Wrapped”, que passou por diversas cidades americanas, encerra
uma carreira de dezenas de álbuns lançados e mais de setenta milhões de cópias vendidas no mundo todo.

As apresentações em Miami estavam marcadas para 25 e 26 de setembro, mas graças a Jeanna, um dos quatro furacões que passaram pela cidade em apenas um mês, as apresentações foram transferidas para este final de semana.

Mas Gloria deixa uma promessa a seus fãs, continuará escrevendo suas tão famosas músicas e de vez em quando participará de algumas apresentações.

Sem mais artigos