Banner do Lollapalooza 2015

Pharrell Williams

Pharrell Williams

Pharrell Williams colocou o povo para dançar no domingo (29) e ao soltar hits que ajudou a construir com Snoop Dogg, Gwen StefaniRobin Thicke e Daft Punk, ele relevou a atual condição do pop, em que os produtores dão as cartas.

Ele vem do rap, sua camiseta do 2Pac ostenta esse orgulho. No gênero que dominou o pop, o mago ficou conhecido pelos projetos N.E.R.D e The Neptunes e imprimiu uma assinatura própria em toda a sonoridade planetária. No Lolla, ele também chegou com status de cara que arrasta multidões, ou não teria sido contratado a peso de platina, com o dobro do cachê de Calvin Harris, outro fenômeno.

Lollapalooza 2015, segundo dia

Daniel Kessler, do Interpol
The Smashing Pumpinks
The Smashing Pumpinks
The Smashing Pumpinks
The Smashing Pumpinks
The Smashing Pumpinks
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Pharrell Williams
Pharrell Williams
Pharrell Williams
Pharrell Williams
Pharrell Williams
Pharrell Williams
Pharrell Williams
Pharrell Williams
Pharrell Williams
Pharrell Williams
Pharrell Williams
Pharrell Williams
Pharrell Williams
Pitty
Pharrell Williams
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Pitty
Pitty
Pitty
Pitty
Mark Foster, da Foster The People
Foster The People
Mark Foster, da Foster The People
Luke Pritchard, da Kooks
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Tim Bernardes, da O Terno
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Vista geral do Lollapalooza 2015
Vista geral do Lollapalooza 2015
Vista geral do Lollapalooza 2015
Vista geral do Lollapalooza 2015
Vista geral do Lollapalooza 2015
Vista geral do Lollapalooza 2015
Vista geral do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015
Público do Lollapalooza 2015

Todo esse poder não subiu à cabeça do produtor de 41 anos, norte-americano, de Virginia Beach. Durante o show, ele lembrou o tempo todo das outras ocasiões em que veio ao Brasil, mostrando uma atenção rara entre artistas que muitas vezes transparecem que sua única preocupação é o dinheiro. Poucos se importam quanto os fãs pagaram para ir ver aquele show, o quanto as pessoas tiveram que trabalhar para estar ali, que muitos viajaram de outras cidades, Estados e até países para vê-los.

Mais que fazer hits e se tornar o Midas do pop, Pharrell revelou também ter carisma para assumir a condição de astro. Nem mesmo a condenação de US$ 7,3 milhões pelo plágio de Got to Give It Up de Marvin Gaye no hit Blurred Lines, feito com Robin Thicke deve abalar o reinado do produtor.

Foi, sim, um aviso de que com a disseminação da informação, os dias da cultura da cópia parecem estar chegando ao fim. Quem não se garantir que saia de cena. Pharrell não está disposto a abrir mão dos seus milhões, dos fãs e, mais importante, do groove. Para nós, que somos uma nação sob o signo do groove, não é difícil reconhecer a majestade de Pharrell.

Veja o set list de Pharrel Williams no Lollapalooza 2015

Come Get It Bae
Frontin’
Hunter
Marilyn Monroe
Brand New
Hot in Herre / I Just Wanna Love U (Give It 2 Me) / Pass the Courvoisier, Part II
Gush
Rock Star (N*E*R*D)
Lapdance (N*E*R*D)
She Wants to Move (N*E*R*D)
Beautiful (Snoop Dogg)
Drop It Like It’s Hot (Snoop Dogg)
It Girl
Hollaback Girl (Gwen Stefani)
Blurred Lines (Robin Thicke)
Get Lucky (Daft Punk)
Lose Yourself to Dance (Daft Punk)
Gust of Wind
Happy

Hitmaker e maior cachê do Lollapalooza Brasil, Pharrell encarna era dos produtores

Sem mais artigos