Circo Voador antigo

Circo Voador antigo

Uma homenagem a Cazuza, pelos 30 anos de Exagerado, irá reativar o Circo Voado no Arpoador. Por três dias, entre sexta (12) e domingo, a lona original do Circo Voado, no Arpoador, será palco de shows, festas e diversas atividades culturais gratuitas.

O projeto, da Vivo, Secretaria Estadual de Cultura e Lei de incentivo à Cultura do Rio de Janeiro, em evento que apoia a Sociedade Viva Cazuza, é marcado pelo lançamento da edição “re-colour” em homenagem aos 30 anos do hino de Cazuza, com a voz original do cantor, em uma produção musical de Liminha e programações de Kassin, além da participação de João Barone e Dado Villa Lobos. Com Toni Platão, eles irão se apresentar com o nome de Todos Envolvidos.

“A gente toca Ultraje, Paralamas, Clash, Legião, Cazuza, tem Dick Dale, coisas assim”, adianta Dado ao Virgula, em entrevista por telefone. “É uma grande banda, grandes caras, pessoas que são cúmplices dessa história toda. A gente fez aquilo junto e um repertório que é muito bacana”, afirma.

Dado conta que a banda de Brasília não aterrissou no Rio a tempo de sentir o barato do Circo no Arpoador. “A gente só foi tocar a primeira vez lá em setembro de 83”. A lona azul com o nome de “Circo Voador” já havia sido desmontada. Ela ficou ali alguns meses de 1982, mas o impacto durou muito tempo e a Legião Urbana fazia parte desse movimento.

“Eu lembro bem, vi um show do Barão Vermelho, no autódromo em Brasília, que foi impressionante. A gente era moleque ainda e eu tenho essa imagem até hoje, da gente no autódromo. Ver o Barão ali foi incrível, cinco horas da tarde, em um domingo”, afirma Dado, que encontrava com Cazuza eventualmente. “A gente se esbarrava por aqui, no baixo Leblon, a convivência era essa, aeroportos, Chacrinha, de vez em quando nas festas aí”, lembra.

Ao longo dos três dias, o projeto da Vivo, em evento que apoia a Sociedade Viva Cazuza, também receberá shows das bandas Suricato, Dônica, Blitz, Hamilton de Holanda e O Baile do Almeidinha, coletivo de DJs Vinil é Arte, oficinas infantis voltadas para circo, teatro, capoeira, apresentação de filmes e documentários, apresentação do grupo As Marias da Graça e Chacal lendo poesia. Barato total.

SERVIÇO

Dia 12: show em homenagem a Cazuza e da banda “Todos Envolvidos” com Liminha, Kassin, Toni Platão, Dado Villa-Lobos e João Barone. Além de festa com o coletivo “Vinil e arte”.
Dia 13: oficina infantil de circo acrobático, com Amaralina Fagundes, oficina de ritmos populares com grupo Quizomba! Fórum de idéias com Maria Juça, Jamari França e Luiz Antônio Mello com o tema “Um palco, uma rádio, um festival: em cena o rock brasileiro e a representação da juventude dos anos 80″. Shows com as bandas Dônica, Suricato e Blitz além dos Djs do coletivo “Vinil e arte”.
Dia 14: oficina de Capoeira, teatro infantil com as Marias da Graça, Poesia com Chacal ( Cep 20.000), Fórum “Brasil, que país é este: Cazuza, Renato Russo e a transição democrática″, com Mário Luis Grangeia, Perfeito Fortuna, Arthur Dapieve e Jamari França. Baile do Almeidinha de Hamilton de Holanda com participações de Roberta Sá, Gabriel Moura, Bnegão. Djs do coletivo “Vinil e Arte”.
A programação é gratuita e tem patrocínio da Vivo através da Lei Estadual de Incentivo a Cultura.

Sem mais artigos