Os integrantes da banda irlandesa The Cranberries revelaram na segunda-feira, em uma visita ao México, que pretendem seguir carreira solo, embora isso não implique na separação do grupo.

“Não estamos casados, somos livres dentro da banda. Trata-se de explorar (novos rumos), não de se separar”, disse Dolores O’Riordan, vocalista, guitarrista e tecladista, em coletiva de imprensa.

O’Riordan, acompanhada do guitarrista Noel Hogan, do baixista Michael Hogan e do baterista Fergal Lawler, explicou que é possível que cada membro do grupo experimente a carreira solo depois que terminar o contrato da banda com a gravadora Universal.

O The Cranberries, que se formou em 1989, afirmou ainda que lançará em breve seu sexto disco inédito e uma coletânea, cujo repertório será escolhido pelos fãs por meio de uma votação via Internet no site da banda (http://www.cranberries.com).

O quarteto visita o México pela segunda vez como parte de uma turnê mundial para promover seu quinto álbum, Wake Up and Smell the Coffee.

A banda irá se apresentar terça e quarta-feira no Auditorio Nacional de la Ciudad de México, e na sexta-feira em Guadalajara.

Em sua primeira visita ao país, a banda teve atrasar um show porque o equipamento de som não chegou a tempo. Agora foram as bagagens que ficaram para trás e o grupo precisou comprar roupas com o logotipo do hotel onde está hospedado para poder se apresentar à imprensa mexicana.

Sem mais artigos