Ele não gostou da sessão de filmagens que Ja Rule armou pela vizinhança e simplesmente decidiu processá-lo. Tony Veanie, vizinho do rapper em Baltimore (EUA), quer US$25 mil de indenização. Ele se sentiu ameaçado pelo fato das violentas cenas do clipe da música “I Cry” (do álbum “Rule 3:36”, de 2000), que mostram Rule e aliados vingando a morte de um amigo, terem sido gravadas na região.

Veanie afirma em sua acusação que “a natureza do vídeo é sobre violência e assassinato”. Um representante da gravadora do rapper, The Inc., disse que não sabe de nenhuma ação judicial, mas que seu responsável deve ser “doente da cabeça”.

Sem mais artigos