Jack White, 40 motivos para gostar dele

1. Ao lado de Meg White, com os White Stripes, ele criou o hino Seven Nation Army cantado até em estádios de futebol pelo mundo.
2. No White Stripes, ele enganou todo mundo dizendo que Meg era sua irmã e não sua mulher como era de fato.
3.  Casou-se no Rio Solimões com a modelo Karen Elson, em cima de um barco.
4. Atualmente, ele faz shows surpresas com seu projeto solo pelos Estados Unidos em lugares pequenos onde a turnê do álbum Lazaretto não passou.
5. Pela sua gravadora, a Third Man Records, ele  gravou o disco mais rápido do mundo, em 2013, o single de  Whirlwind Heat foi gravado e vendido no mesmo dia.
6. Jack, aqui com a van da Third Man Records. Sediada em Nashville, sua gravadora já lançou discos de nomes como Alabama Shakes, Conan O'Brien, Cold War Kids, Duane
John C. Reilly, Karen Elson, Laura Marling, Seasick Steve, The Shins e Wanda Jackson, entre outros.
7.  No documentário It Might Get Loud, que retrata Jack White, Jimmy Page  e The Edge, ele deixou Robert Plant emocionado ao tocar Led Zeppelin.
8. Ele é um ícone de estilo, como ficou comprovado em um ensaio feito para revista Interview.
9. Todas as bandas que ele montou e esteve envolvido são cabreiras: The White Stripes, Dead Weather, The Raconteurs (foto) e a do seu projeto solo. A Raconteurs surgiu a partir de parcerias com seu  Brendan Benson, colega de Detroit, onde Jack nasceu.
10. Neste quesito, a Dead Weather é imbatível, com um time da pesada: Alison Mosshart (da The Kills e Discount), Dean Fertita (do Queens of the Stone Age), Jack Lawrence (do The Raconteurs e The Greenhornes) e Jack White.
11.  Ele é um entusiasta do vinil, formato em que sempre aposta por meio de sua gravadora Third Man Records.
12. Lançado em 2014, seu segundo disco solo, Lazaretto, vendeu 40 mil cópias de vinil em uma semana, melhor resultado já alcançado desde que a SoundScan começou a apurar vendas de música, em 1991. Ele superou o LP de Vitalogy, do Pearl Jam, que havia alcançado 34 mil cópias, em 1994.
13. Seus instrumentos vintage são de deixar qualquer um interessado neste universo babando. Entre as guitarras que ele já usou em gravações e shows estão: a guitarra vermelha JB Hutto dos tempos de White Stripes; uma Hollowbody Kay, modelo que  Howling Wolf usava;  uma Gibson L-1 acústica de 1915, também chamada de modelo Robert Johnson, que usou no álbum Icky Thump. Ele também já usou os seguintes instrumentos:  Harmony Rocket;  Crestwood Astral II; Gretsch Rancher Falcon; Gretsch Anniversary Jr;  Gibson J-160E; Gretsch Duo Jet;  Gretsch Rancher;  Gretsch Jupiter Thunderbird e  Gretsch Jupiter Thunderbird. Jack também usa guitarras feitas sob medida pelo luthier Randy Parsons.
14. É multi-instrumentista, e apavora em tudo que coloca a mão.
15. Ele já trabalhou em uma loja de estofamentos para financiar sua primeira demo
16. No documentário It Might Get Loud, ele foi desafiado a compor uma música na frente das câmeras, e concretizou.
17. Só grava em som analógico, e se orgulha disso.
18. Ele é amigo dos animais e ama cachorros. Tem dois, o Astro e o Jasper.
19. Fez um dos melhores shows da edição brasileira do Lollapalooza este ano.
20. Ele tocou com o White Strypes no Teatro Amazonas, em 2005.
21.  Em certo momento desse show no Teatro Amazonas, ele foi do lado de fora e fez um acústico para a galera que não conseguiu entrar.
22. Ele prefere tocar em locais fechados a grandes festivais.
23. Jack sempre muda o setlist no meio do show. Gosta do improviso.
24. Ele já disse que não passa mais do que três semanas gravando um disco. Se passar disso é perda de tempo.
25. Quando Jack e Karen Elson se separaram, eles deram uma festa para celebrar o divórcio.
26. Ele também produziu o álbum solo de sua ex.
27. Ele assume que não gosta dos Black Keys.
28. No documentário It Might Get Loud, ele criou uma guitarra com uma garrafa de Coca-Cola.
29. Jack gravou dois álbuns com o comediante Conan O'Brian.
31. Tocou baixo em uma das músicas do disco Guero, do Beck.
32. Neil Young gravou o álbum
32. A estética do seu show mais recente foi inspirada no cinema expressionista alemão dos anos 20.
33. A versão em vinil de seu último álbum solo, Lazaretto,é um dos mais loucos da história. O disco toca ao contrário e vem com uma música escondida. E tem a função repeat de uma única track.
34. Lançou o single Freedom at 21 em balões de gás hélio.
35. Jack está sempre na estica. Suas roupas são desenhadas por Brady St. John.
36. O groove de suas músicas pode ser explicado pelo fato de que ele começou a carreira tocando bateria, mas depois migrou para as seis cordas.
37.  Já chegou a dizer que tem três pais:
38. Por suas pesquisas envolvendo a música tradicional dos Estados Unidos, ele é integrante do  conselho da Fundação de Preservação da Biblioteca do Conselho Nacional. Logo que entrou para a instituição, ele fez uma doação de US$ 200 mil dólares.
39. Ele zerou uma dívida US$ 142 mil do Templo Maçônico de Detroit. Para agradecê-lo pela doação, o templo decidiu batizar  uma de suas salas como Jack White Theater.
40. Ele chegou aos 40 anos inteirão (parece um moleque de 30 anos),
Jack White
Jack White
Jack White
Jack White
Jack White
Jack White
Jack White
Jack White
Lazaretto - Jack White
Jack White
Lazaretto - Jack White
Jack White
Jack White
Thom Yorke e Jack White
Jack White
Jack White
Jack White
Jack White

O guitarrista Jack White, agora também artista solo, descartou a possibilidade de reunir o The White Stripes. A dupla, formada por Jack com a baterista Meg White no fim dos anos 1990, encerrou as atividades no início do ano passado.

A declaração foi feita durante entrevista do compositor a um canal de televisão holandês. De acordo com White, não há a menor vontade de ressucitar o projeto.

“Acho que isso não irá acontecer nunca”, disse. “Mas o Senhor trabalha de forma misteriosa, então provavelmente algo melhor [que o The White Stripes] vai sair de mim um dia. É o que eu espero, não tenho nada melhor para fazer”.

Na mesma entrevista, Jack White revelou nunca ter tirado longas férias, por sempre sentir a necessidade de estar próximo à música.

“Eu sinto que tenho um compromisso com a música; eu me doei há muito tempo. É o que eu faço e o que me consome diariamente. Eu posso ter um carro, ter filhos, posso sair para jantar e fazer [música] paralelamente, mas tudo isso ficou em segundo plano. Não posso fazer nada”, declarou.

Jack White descarta possibilidade de reunião do White Stripes

Sem mais artigos