Nesta última sexta feira a polícia esteve atrás de provas do crime novamente.

Com um mandado de busca, eles invadiram NEVERLAND. Estariam a procura de evidências de
que ele teria abusado de um garotinho em novembro após embebedá-lo. Isso prova que eles ainda não desistiram de achar algo que coloque Michael atrás das grades de uma vez por todas.

O advogado de Michael não se pronunciou e o porta-voz da delegacia não quis dar mais detalhes sobre o caso

Michael está sendo acusado em 10 instâncias de abuso sexual contra menores e conspiração. Ele sempre nega tudo, ele irá a julgamento dia 31 de janeiro.

Sem mais artigos