Os ventos não estão soprando a favor de Michael Jackson. O cantor perdeu mais uma briga na justiça, agora contra a gravadora Universal.

Michael acusava a empresa de ter quebrado um acordo de 1980, em que se definia o pagamento de direitos autorais ao astro pelas músicas da época do Jackson 5 e do período entre 1969 e 1976.

O problema é que o acordo não fazia menção ao material não lançado até 1980 nem às canções componentes de coletâneas. Por isso, se o cantor não recebeu nem um centavo a mais, foi porque não tinha direito mesmo.

Pobre Michael…

Sem mais artigos