Confira a lista completa de vencedores do Grammy Latino

O reconhecimento internacional de Alexandre Pires, o destaque de Juanes, a primeira apresentação ao vivo de Os Tribalistas e a ausência de artistas cubanos foram os fatos que marcaram a cerimônia do Grammy Latino 2003, realizada na noite dessa quarta-feira em Miami. Apresentada em inglês pelo comediante mexicano George López, a festa não coroou os artistas brasileiros que concorriam nas categorias principais, mas mostrou que a música latina está cada vez mais conceituada no cenário mundial.

Alexandre Pires, o principal brasileiro entre os indicados, saiu da cerimônia sem um prêmio sequer. Porém, o cantor foi bastante aclamado pelo público ao final de seu show ao lado da americana Kelly Clarkson.

Já Os Tribalistas, que receberam o prêmio de melhor álbum brasileiro pop contemporâneo, cantaram ao vivo pela primeira vez para uma platéia, numa performance que encerrou a premiação. E agradaram a galera.

As outras 6 categorias destinada à música brasileira premiaram Alcione, Zezé di Camargo, Dominguinhos, Milton Nascimento, Caetano Veloso e Os Paralamas do Sucesso.

Apenas Xuxa levou um troféu das categorias principais. Seu “Xuxa Só Para Baixinhos 3” faturou o prêmio de melhor álbum infantil.

O grande destaque da noite foi o colombiano Juanes, que faturou 5 estatuetas, todas às quais estava indicado: canção do ano, gravação do ano, álbum do ano, melhor álbum vocal de rock e melhor canção de rock. Ao todo, ele já soma 9 prêmios Grammy Latino.

Entre os shows da noite, além de Alexandre Pires, Kelly Clarkson e Os Tribalistas, também se apresentaram: Juanes, Los Bacilos, Thalía, Ricky Martin, Molotov e David Bisbal. O tributo à cantora Celia Cruz, que morreu no mês passado, foi realizado por Marc Anthony, Gloria Estefan e Arturo Sandoval, entre outros.

O único problema da noite foi a ausência dos 9 cubanos indicados às categorias da premiação. Os artistas não conseguiram obter os vistos para entrar nos EUA. O governo cubano alegou que se tratava de uma “nova manobra” dos americanos contra Cuba. Já as autoridades dos EUA declararam que os pedidos de visto dos artistas chegaram tarde demais.

Sem mais artigos