Kako Chocolata grava “O Som das Comunidades” no Estúdio Showlivre

Nesta quarta-feira, 04/05, às 14h, Kako Chocolata e sua banda participam de uma apresentação no Estúdio Showlivre, com a gravação de um show ao vivo. Se você ainda não conhece, terá um feliz encontro com um dos novos nomes de um movimento de resgate do samba e do pagode, na essência da música preta, que tem se propagado nas comunidades de São Paulo.

Com uma hora de duração e a execução de 10 músicas, este conteúdo deverá ser distribuído nas plataformas digitais e amplamente divulgado nas redes da Showlivre. A gravação do show é a primeira parte do EDITAL DE APOIO A PROJETOS ARTÍSTICOS CULTURAIS DESCENTRALIZADOS DE MÚLTIPLAS LINGUAGENS.

Samba na pele

Kako Chocolata nasceu quase duas décadas depois que Caetano Veloso blasfemou, em sua música “Sampa”, chamando a cidade de ‘túmulo do samba’. Do ‘novo quilombo de Zumbi’, em assertiva adjetivação, entretanto, o poeta teria preconizado esses movimentos musicais autenticamente pretos, que têm se expandido nas periferias da cidade e em especial, na Zona Leste.

O artista, aos 26 anos, começou sua carreira musical aos 15, cuja precocidade ele atribui a seu pai e a seus tios, que sempre promoviam rodas de samba em família. O gosto pelo samba, portanto, vem do berço. A primeira banda foi montada com primos e amigos, sob a influência dos mais velhos.

Em de 2018, Kako deu início ao projeto Samba do Meio Dia, roda de samba feita na rua, e que levou o grupo a gravar no estúdio Showlivre pela primeira vez, por meio do Edital da Lei Aldir Blanc. No final de 2020, Kako iniciou sua carreira ‘solo’, com o Projeto “Vivendo um Sonho” no qual foram gravadas três músicas e um DVD, com o título “Pagode do Kako Chocolata”.

Dentro do planejamento do EDITAL DE APOIO A PROJETOS ARTÍSTICOS CULTURAIS DESCENTRALIZADOS DE MÚLTIPLAS LINGUAGENS, além da gravação de mais um show no Estúdio Showlivre, uma série de shows com a banda está programada para os quatro cantos da cidade.

As datas e locais dos shows presenciais ainda não foram definidos, mas a gravação deste show é parte importante para que o som de Kako Chocolata e banda, reverbere aos quatro cantos da cidade e muito mais, pelas plataformas e redes digitais.

Kako Chocolata grava “O Som das Comunidades” no Estúdio Showlivre

Sem mais artigos