Lollapalooza acontece no Autódromo de Interlagos

T4F/Divulgação/I Hate Flash Lollapalooza acontece no Autódromo de Interlagos

A Linha 4-Amarela do metrô de São Paulo funcionará parcialmente no domingo (26), segundo dia do festival Lollapalooza. As estações República e Luz, ambas no centro, estarão fechadas por conta de obras no trecho.

O problema afeta especialmente quem vem da zona leste de São Paulo, que tem as estações como principais transferências para o trecho, que faz interligação com a Linha 9-Esmeralda da CPTM, a mesma da estação Autódromo, mais próxima do local onde o evento será realizado, em Interlagos, e principal meio de transporte público para chegar ao Lolla.

O Metrô informa que a interdição se dá por conta de obras na futura estação Higienópolis-Mackenzie. Agora, o usuário que vem da Linha 3-Vermelha e desceria na República, terá que fazer baldeação na Sé, pegar a Linha 1-Azul até o Paraíso, fazer transferência para Linha 2-Verde, na estação Brigadeiro, e de lá ir até a Consolação para seguir na linha amarela até Pinheiros, onde continua a viagem pela CPTM. O esquema é semelhante para quem passaria pela Luz.

lolla metrô

Assim, o trecho funcionará entre as estações Butantã e Paulista no horário das 4h até 0h de segunda-feira (27).

Não é a primeira vez que o Lollapalooza enfrenta problemas com o transporte sobre trilhos de São Paulo.

Na sua segunda edição, em 2013, ainda no Jockey Club, a Linha 9-Esmeralda da CPTM foi interditada no domingo, 31 de março daquele ano, deixando os fãs que embarcariam na estação Cidade Jardim na mão. O Pearl Jam foi o principal nome daquele dia.

Atrações que podem surpreender no Lollapalooza 2017

A dupla norte-americana de DJs é um dos nomes mais quentes da EDM. Em 2016, eles começaram o ano com a turnê The Tilt Tour, seguindo com performances no SXSW, Winter Music Conference e Coachella – onde seu set foi para o primeiro lugar no ranking da Billboard de 11 melhores momentos do Coachella.
“As coisas deveriam ser mais iguais no mundo da música. Todas as mulheres dessa indústria são corajosas. Somos muito talentosas.”
Com o terceiro álbum do trio, “I See You” na bagagem, eles devem fazer um dos shows mais musicalmente denso e elaborado do festival
Com seu R&B alternativo, The Weeknd é um dos artistas mais enigmáticos do século 21. É um nome grande mundial, ganhador de Grammy, mas ainda não alcançou as massas no Brasil. Seu show promete ser um belo cartão de visitas.
MØ, nascida Karen Marie Ørsted, é uma das compositoras e a voz da música Lean On, de Major Lazer, que foi uma das mais ouvidas no Spotify na história. Atualmente, ela está dando os toques finais ao seu segundo álbum, com previsão de lançamento ainda para este ano.
Da adolescência até seus primeiros anos na vida adulta, o superstar holandês já alcançou feitos inéditos e gravou seu nome dentro da indústria musical. Para se jogar
Flume estourou na cena em 2012 e, sozinho, mudou a cara da dance music australiana, graças ao seu talento como beatmaker e produtor. Hoje ele é um artista com carreira reconhecida internacionalmente, criando seu próprio espaço na música eletrônica.
Produtor, compositor e rapper, o norte-americano G-Eazy é conhecido por dar um toque de classe ao hip-hop
Tim Armstrong (vocal, guitarra), Matt Freeman (baixo, vocal), Lars Frederiksen (vocal, guitarra) e Branden Steineckert (bateria) estão comemorando o aniversário de 20 anos da banda Rancid. Espere muita vontade e barulho dos californianos
Banda inglesa de indie rock, chegam com repertório do álbum How to Be a Human Being, lançado no ano passado
Com composições e produções de hits que caíram no gosto de artistas como Kylie Minogue, Ke$ha, The Pussycat Dolls, Afrojack, Steve Aoki e Miley Cyrus (Hannah Montana), para citar apenas alguns, e com um Grammy pela música “When Love Takes Over”, escrita para David Guetta e Kelly Rowland, as irmãs australianas da NERVO chegaram ao estrelato com muito talento. Acrescente-se a isso uma agenda com mais de 200 shows por ano ao redor do mundo,
Com um caminhão de hits, não podem ser menosprezados. Em 2015, firmaram seu lugar no novo pop com um novo álbum de estúdio, seu 14º.
Melanie Martinez é uma impressionante artista nova-iorquina de 21 anos – uma provocante e potente cantora, compositora e cheia de presença de palco
Nascido em Mundo Novo, interior do Mato Grosso do Sul, é um dos nomes que vem se destacando na EDM nacional
Uma das bandas de maior sucesso na última década dentro do pop alternativo
Com “Integrity Blues”, seu nono álbum, o Jimmy Eat World mostra sua fusão de melodia e a energia do pop punk
O Dj e produtor holandês Oliver Heldens se destaca com hits nas paradas e milhões de reproduções de suas músicas. Ele está na vanguarda de uma nova geração de estrelas da house music.
Banda inglesa de rock formada em Manchester. Apresentam repertório do álbum Like It When You Sleep, for You Are So Beautiful Yet So Unaware of It (2016).
Com seu quarto álbum,
O quarteto de Los Angeles se apresenta com “Better Nature” na bagagem, álbum produzido por Jacknife Lee (U2, Two Door Cinema Club, Crystal Castles)
Representante da nova música brasileira, atualiza a música baiana com referências da eletrônica
Em casa, é sempre comovente ver o MC e poeta comandar a massa
Se apresenta com repertório de Tropix, um dos grandes álbuns de música brasileira lançado no ano passado
Tove Lo
“Eu fico muito irritada quando artistas mulheres dizem que não se consideram feministas porque essa é uma palavra política demais. O feminismo apoia a igualdade, é algo pelo que todos nós deveríamos lutar o tempo todo.”
The Chainsmokers e Tove Lo

Linha 4 do metrô terá obras e estações fechadas no domingo de Lollapalooza

Sem mais artigos