A cantora Lumazin planeja o lançamento de seu novo projeto. Mas antes, para se despedir do álbum “quarentena” (2019), ela disponibiliza o clipe da faixa “grito desesperado de mulheres abandonadas” via selo PWR Records.

No registro, Lumazin retrata a solidão, culpa e as dúvidas de uma mulher que realizou um aborto, com a carga pessoal e social que ela recisa lidar após o acontecido. Além disso, a artista reforça que o ato não foi consequência de falta de amor. O clipe conta com cenas gravadas na Albânia.

“Existe um vestido que a artista interpreta como o perdão, o pedaço de pano que representa a vida abortada, a quantidade imensa de água e o contraste com lugares abandonados, vazios, sujos, caindo aos pedaços”, explica a artista em nota.

“A escolha por manter a nudez completa foi proposital. O ser humano nasce pelado. Na maca para o procedimento do aborto tudo que te cobre é um pequeno pedaço de pano. Para que o procedimento tenha sucesso uma máquina é inserida dentro da vagina. O sexo é nu. O banho é nu. Roupas carregam signos e significados demais”, completa.

Todo projeto foi lançado com exclusividade no site da artista. Abaixo, você confere o clipe de “grito desesperado de mulheres abandonadas”.

Grito Desesperado de Mulheres Abandonadas (video) – Lumanzin from LUMANZIN on Vimeo.

Sem mais artigos