A cantora Madonna não só ostenta o trono de rainha do pop, mas segundo a Forbes é também a mais bem paga de toda a indústria musical, com US$ 125 milhões só no último ano, muito à frente de Lady Gaga, com US$ 80 milhões.

No ano em que completa 30 anos de carreira e apesar de sua reputação artística não estar no melhor momento, Madonna segue com sua habilidade para os negócios intacta, como demonstra a folga com a qual voltou a para o topo da lista elaborada todos os anos pela revista Forbes.

Seu último disco, MDNA, não teve as vendas esperadas, mas Madonna foi das primeiras a entender que, em época de pirataria, o negócio está em uma turnê como a sua MDNA Tour, que faturou US$ 305 milhões, parte deles nos últimos 12 meses.

A cantora de Like a prayer complementou sua receita com a fragrância Truth or Dare e a linha de roupas Material Girl, ajudam a dar a frente de US$ 45 milhões sobre a outra diva do pop, a nova-iorquina Lady Gaga, cujos US$ 80 milhões faturados também tiveram como principal fonte de receita sua viagem The Born this Way Ball, interrompida por causa de uma lesão no quadril.

A cantora de Bad Romance, no entanto, teve uma decepção comercial com último lançamento, ARTPOP, que não entrou no cômputo que Forbes faz para esta lista.

O primeiro nome masculino que aparece na classificação é a banda liderada por Bon Jovi, com US$ 79 milhões, graças a turnê, Because We Can, que arrecadou em média US$ 3 milhões por cidade visitada, e a Soul Kitchen, sua aventura no setor de restaurantes na sua Nova Jersey natal.

Toby Keith, com US$ 65 milhões, garante o lugar da música country ocupando o quarto posto e o “top 5” é completado pela banda de rock Coldplay, liderada por Chris Martin e também em turnê no último ano.

Justin Bieber obteve US$ 58 milhões e ficou com a sexta posição; seguido por Taylor Swift, que com o sucesso de We Are Never Getting Back Together e como garota propaganda da Coca-Cola Light, Sony e Covergilg, faturou US$ 55 milhões.

Um milhão a menos lucrou nos últimos doze meses Elton John e no 9º lugar da lista, apesar de ainda estar meio em licença maternidade, a caixa registradora da deusa Beyoncé fez US$ 53 milhões, empatada com a estrela da música folk americana, Kenny Chesney.

Sem mais artigos