O músico americano Ray Charles morreu nesta quinta-feira, em Beverly Hills, aos 73 anos, em razão de uma doença no fígado.

Cego desde os 7 anos, Charles foi o pioneiro da soul music e misturou diversos gêneros, como blues, jazz e country, influenciando toda uma geração de músicos desde que surgiu, nos anos 50.

Há exatos 9 anos, o cantor, compositor, pianista, maestro e produtor atraiu 150 mil pessoas no parque do Ibirapuera, em SP, recorde igualado apenas por outro “Rei, Roberto Carlos, em 2001. Entre as gravações mais conhecidas, “Hit the Road Jack”, “Georgia on My Mind”, “What’d I Say ” e “I Got A Woman”.

Sem mais artigos