O artista britânico Paul McCartney foi homenageado na noite de sexta-feira em Los Angeles em uma cerimônia beneficente repleta de estrelas da música onde foi eleito “Personalidade do ano” por seu legado musical e filantrópico.

Aos 69 anos, o ex-beatle foi protagonista tanto no tapete vermelho do centro de convenções de Los Angeles, onde foi acompanhado por sua esposa Nancy Shevell, de 51 anos, quanto no palco instalado no salão onde foi servido jantar para arrecadar recursos à organização MusiCares.

Os presentes, que lotaram o local após contribuírem com até US$ 8 mil pelo jantar, curtiram a apresentação de Paul, que abriu o show com canções do álbum Magical Mistery Tour (1967), após uma atuação do Cirque du Soleil.

O comediante britânico Eddie Izzard foi o mestre de cerimônias e tomou a liberdade de brincar com a vida do cantor, que como disse, era irlandês e filho do oceanógrafo Jacques Cousteau.

A festa se transformou em uma homenagem à discografia dos Beatles e do próprio Paul com versões de grupos como Foo Fighters, que interpretaram Jet, Alicia Keys que cantou Blackbird, Katy Perry se encarregou de Hey Jude, e Neil Young and Crazy Horse tocaram I Saw Her Standing There.

A viúva de John Lennon, Yoko Ono, compareceu à cerimônia e cumprimentou o cantor rapidamente durante o jantar principal.

Na quinta-feira, Paul, 14 vezes vencedor do Grammy, recebeu estrela no Hall da Fama de Hollywood, uma homenagem que já havia sido dada a John Lennon, George Harrison, Ringo Star e ao próprio grupo Beatles.

Anteriormente, o cantor e compositor havia apresentado seu último disco Kisses on the Bottom ao vivo pelo iTunes, gravado no Capital Studio, no mítico prédio da Capital Records em Los Angeles, e no domingo Paul voltará a cantar suas novas canções durante a cerimônia de entrega do Grammy.

O evento beneficente MusiCares foi organizado pela Academia de Gravação dos Estados Unidos, mesma entidade que concedeu o prêmio Grammy e que anteriormente havia homenageado com o mesmo título figuras como Bono, Neil Diamond, Gloria Estefan, Aretha Franklin, Elton John, Sting, Barbra Streisand e Stevie Wonder.

“Foi um grande presente uma vida fazendo música e é meu privilégio tentar fazer do mundo um lugar melhor”, declarou Paul sobre sua homenagem, onde conseguiu arrecadar US$ 6,5 milhões.

O MusiCares tem como finalidade dar ajuda econômica aos músicos que estão passando por momentos de dificuldade financeira, de saúde ou pessoal.

Paul doou no passado milhões de dólares para causas que vão desde a luta contra o câncer até organizações que contribuem à eliminação das minas antipessoais.

A 54ª edição do Grammy ocorrerá neste domingo no Staples Center de Los Angeles a partir das 17h local e será transmitida pela emissora CBS.

Sem mais artigos