Ah, um pé na bunda! Cada um reage de uma forma a essa edificante experiência humana. Tem gente que toma um pote de cinco litros de sorvete sozinho, tem gente que enche a cara, tem gente que joga ovos na porta do ex, tem gente que compõe uma música e ganha um Grammy.

Foi mais ou menos o que o Sam Smith fez:

O inglês não foi o primeiro a usar os caquinhos do próprio coração para construir uma escada em direção ao estrelato definitivo e marcar o seu nome de vez na história da música. Dá uma olhada na nossa galeria e vem relembrar com a gente.

 

Sem mais artigos