Enfim, a capital paulista pôde acompanhar a apresentação do rapper mais aclamado (e polêmico) do momento. Neste sábado (18/09), 50 Cent liderou a noite hip hop do Chimera Music Festival, no estádio do Pacaembu.

Depois de assistir aos shows de Negra Li, Rapin’ Hood, Marcelo D2 e O Rappa, o público (que nem de longe chegava ao número de 70 mil que lotou o Morumbi pra ver o Linkin Park) acompanhou uma apresentação de menos de duas horas do rapper.

A garoa fina que ainda caía sobre São Paulo e o ritmo linear do show acabaram esfriando o clima da festa. A não ser nos momentos em que cantou hits como “In Da Club” e “P.I.M.P.”, 50 Cent não conseguiu levantar a galera.

Para tentar atrair a atenção do público, que já estava inclusive deixando o estádio antes que a noite de música acabasse, o rapper exagerou: fez quase um strip-tease e ainda disse que a melhor coisa do Brasil era… Não, não são as mulheres, mas sim a maconha. Palavras dele.

Sem mais artigos