Renato_Russo

Fãs de Renato Russo e Legião Urbana, preparem seus corações com a notícia a seguir: cerca de 945 itens do vocalista do grupo de Brasília farão parte de uma exposição sobre o cantor no MIS (Museu de Imagem e Som), em São Paulo. São letras de músicas, fotos antigas e objetos pessoais de Renato que estão em seu apartamento em Ipanema, no Rio. Tudo será catalogado, higienizado e restaurado para a mostra.

E tem mais, o curador André Sturm planeja remontar o quarto que era de Renato. Imagine poder sentar na mesma cama que era dele? Vai que rola uma inspiração, hein! Giuliano Manfredini,  filho de Renato (que foi quem sugeriu a ideia de fazer a exposição), descreve o quarto: uma cama de solteiro, uma foto do pai vestido com uma bata branca e um quadro de pássaros feito a óleo. O apartamento ficou intocável desde 1996, quando o cantor faleceu.

“Giuliano, o filho do Renato, veio ao MIS  ver a exposição do David Bowie e adorou. Ficou encantado. Então, ele me procurou para fazermos uma parceria grande sobre o seu pai, que seria ir no apartamento dele, buscar esse material e fazer uma exposição para os fãs”, conta Sturm. Entre os objetos que já estão no acervo do museu, o curador comenta os que mais gosta: “Os diários dele são incríveis. Mas tem cartas, uma carteira escolar da sexta série e a cama até a cama dele. E, sim, pretendemos trazer os móveis do apto pra cá”.

Mas, calma que a exposição chegará ao MIS só em 2017. Enquanto isso, relembramos em nossa galeria alguns momentos marcantes da vida desse ícone da música brasileira. Afinal, é preciso lembrar das pessoas como se não houvesse amanhã.

Na mesma época da exposição, sairá pela Companhia das Letras um dos diários dele. Será Renato Russo por todos os lados.

Sem mais artigos