Nelson Sargento morre aos 96 anos no Rio de Janeiro

O samba carioca e nacional amanheceu de luto nesta quinta-feira. Morreu aos 96 anos o sambista Nelson Sargento, vítima de complicações causadas pela Covid-19.

Presidente de honra da Estação Primeira de Mangueira, Nelson foi internado na última sexta-feira com o quadro positivo para a Covid.

Anos atrás, Nelson já havia lutado contra um câncer na próstata e sido exemplo para a comunidade na luta pela vida.

“A família e equipe de Nelson comunicam, com pesar e tristeza, o falecimento do mestre, baluarte e Presidente de honra da Mangueira, Nelson Sargento, ocorrido hoje às 10h45, no hospital do Inca, no Rio de Janeiro, por complicações da Covid-19”, explicou um comunicado.

Sem mais artigos