Na tarde deste domingo no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, o show beneficente da banda Charlie Brown Jr. terminou em confusão. O tumulto começou logo na primeira canção, quando alguns fãs subiram ao palco e foram retirados à força por seguranças. O show foi interrompido. Na volta da banda, centenas de adolescentes subiram no palco e, então, começou a confusão generalizada.

Além disso, uma garota foi atropelada por uma van com músicos e um adolescente levou uma tijolada na cabeça e precisou de atendimento médico.

O empresário Eli Hadid, proprietário da agência Mega Models, organizadora do show, atribuiu o episódio ao “ânimo exaltado” de alguns fãs. A assessoria de imprensa da banda santista não comentou o assunto.

Sem mais artigos