Sucesso em palcos e finanças: veja 7 cantores que também são empresários

É difícil imaginar que artistas famosos, com carreiras consolidas e ganhos milionários, também dediquem parte de seu tempo a outras atividades profissionais. Mas a lista de cantores que se jogaram no mundo dos negócios (e estão tendo sucesso) é grande. A seguir, conheça sete artistas que dividem seu tempo entre a música e o empreendedorismo.

> Siga o novo Instagram do Virgula! Clique e fique por dentro do melhor do Entretê!

Preta Gil 

Todos conhecem a cantora, atriz e apresentadora. Mas, você sabia que, muito antes de toda sua fama consolidada, ela já tinha se jogado na vida de empresária? Quando tinha apenas 20 anos, Preta fundou sua primeira agência de publicidade, a Dueto filmes. Depois, não parou mais. Hoje ela tem uma agência de marketing e uma marca de esmaltes, a Esmaltes Preta Gil.

Thiago Brava

O dono do hit “Dona Maria” é sócio da Folks Pub, uma rede de franquias que aposta em pubs com o estilo inglês, mas focados na música sertaneja. A empresa foi fundada em 2014, em Londrina (PR). Thiago Brava entrou para o time em 2021, como sócio e co-diretor de expansão da marca. O sertanejo também é sócio de uma das unidades recém-inaugurada, a Folks Goiânia. A marca, que faturou R$22 milhões em 2021, tem seis unidades em operação e projeta abrir mais seis até o final do ano.

Emicida

Além de ser um dos maiores nomes na cena do rap brasileiro, Emicida também se destaca nos negócios. O rapper, juntamente com seu irmão, fundou a empresa Laboratório Fantasma, que conta com uma produtora de eventos, uma gravadora, uma marca de roupas e também uma gravadora audiovisual. A Laboratório Fantasma se destaca no mercado por valorizar a cultura negra e periférica.

Ivete Sangalo

A rainha do axé também se jogou na vida empresária. Uma das cantoras mais famosas do Brasil, Ivete possui diversas marcas e gerencia seus próprios negócios. É dona da Iessi Music Entertainment, um dos maiores grupos de entretenimento do Brasil, com mais de 250 funcionários e um faturamento anual de mais de R$ 80 milhões.

Thiago Abravanel  

O artista, que é cantor, ator e apresentador, também segue uma carreira empreendedora. Neto de Sílvio Santos, ele tem uma marca de roupas confortáveis que podem ser usadas no dia a dia ou como pijama. Além do mercado da moda, o ex BBB também entrou no ramo da alimentação. A Nanica, doceria focada em tortas estilo banoffe, foi fundada em 2018 pelos empresários Tito Barcellos e Leonardo Macedo. Em 2020, Thiago foi convidado para ser embaixador da marca e hoje atua na parte mais estratégica do negócio.

Anitta

A cantora que alcançou a primeira posição global no Spofity com o hit “Envolver” também tem uma vida de empresaria invejável. Em 2019, Anitta foi convidada pela Ambev para ser head de criatividade e inovação da marca Beats. Além disso, a “patroa” também faz parte do time da Nubank. Além de integrar o conselho de administração da empresa, ela participa das reuniões trimestrais de planejamento.

Thiaguinho 

Em 2009, o cantor de pagode decidiu investir na sua própria editora, a Paz & Bem, responsável pela administração de suas obras. Desde então, a vida como empresário só melhorou. Segundo a revista Forbes, hoje Thiaguinho fatura R$ 2 bilhões por ano como empresário do ramo artístico e gestor da própria carreira.

Sucesso em palcos e finanças: veja 7 cantores que também são empresários

Sem mais artigos