Harry Styles e Taylor Swift nem chegaram a se apaixonar. Pelo menos é o que afirma Freddy Newgrete, tatuador do cantor do One Direction, em entrevista ao tablóide britânico The Daily Star. O tatuador americano tem um estúdio em Los Angeles e fez algumas das tattoos do jovem popstar inglês durante suas passagens pelos EUA. Na última delas, Harry recebeu a visita de Taylor Swift no estúdio de Newgrete, quando ele pode ver o então casal junto pela primeira vez.

“Harry e Taylor não pareciam nem um pouco apaixonados, Não havia aquele brilho nos olhos de Harry”, afirmou Freddy na entrevista. “Eles eram bondosos e respeitosos entre eles, mas nenhum dos dois tinha aquele brilho de amor nos olhos.”

“Eles pareciam mais amigos do que qualquer outra coisa. Harry não estava apaixonado por ela e aquela relação não era séria para ele. Eles não eram nem um pouco românticos. Ele estava apenas sendo casual e eles nem olhavam nos olhos um do outro”, continuou o tatuador. “Taylor chegou mais para o final da sessão e sentou com ele enquanto eu trabalhava. Mas não havia nada de mágico rolando.”

A entrevista do tatuador colocou mais fogo na polêmica de que o namoro de Harry e Taylor poderia ter sido alguma espécie de armação. Os boatos começaram na última semana, quando Louisa Jepson, biógrafa oficial de Harry, sugeriu que o namorop entre os dois tenha sido motivado por interesses dos relações públicas do One Direction.

Sem mais artigos