Em tempos de crise continuada da indústria fonográfica, os títulos e posições significam cada vez menos. 

Há cinco anos, dizer que um álbum estava em primeiro lugar nos EUA era um feito automaticamente relacionado a grandes vendagens.

Veja o que acontece agora com o novo álbum de Taylor Swift, Speak Now. Ele pode estar em primeiro, mas quem disse que ele está vendendo bem? Em sua sexta semana (não-consecutiva) no primeiro posto, o disco vendeu apenas 52 mil cópias!

Para se ter uma ideia, é o número um americano que registrou a mais baixa vendagem desde 1991, quando a empresa SoundScan começou a compilar os números da parada.

Para efeito de comparação, o álbum da Ke$ha, Animal, vendeu 152 mil cópias na primeira semana. 

Sem mais artigos