Não são só garotos bonitos. Você percebe que está ficando velho quando começa a não entender as boy bands. Nós fomos tentar sacar por que os britânicos do One Direction se tornaram fenômeno e conquistaram fãs insanos no mundo todo, os “directioneers”. Não diga que a banda é uma porcaria perto de um deles que você corre risco de vida.

 

1. Eles têm um bom marketing e sabem se posicionar como uma boy band do século 21. No lugar de coreografias e playbacks, entram tatuagens e música de verdade. Cortes e cabelos e roupas legais já se tornaram item obrigatório pelo menos desde os anos 90.

2. Eles sabem cantar e tocar. Bem, isso nunca deveria ser uma vantagem, mas a imagem contaminou a música de tal maneira, que a essência da coisa, a música, nem sempre é a primeira coisa a ser levada em consideração.

 

3. Eles se meteram em território sagrado ao fazer uma versão de One Way Or Another. Debbie Harry aprovou, então está tudo certo.

4. Eles se divertem. No palco e fora dele, os rapazes do One Direction estão sempre curtindo. Com isso, seus shows e a imagem que é associada a eles sempre vibra em uma frequência alto astral. Nada mais ultrapassado que aquelas personalidades cansadas, escondidas dos fãs com perucas e bigodes falsos.

5. Eles curtem os fãs. A preocupação em retribuir o fanatismo que envolve o grupo é evidente dentro e fora dos palcos. 

6. Eles se adaptaram bem ao Brasil. Desde que chegaram, se sentiram em casa na piscina do hotel Fasano. 

7. Mesmo sem piscina, os fãs também colaram 

8. Coisa de pele. Harry Styles, o mais assediado do grupo e ex-namorado de Taylor Swift, ficou tão empolgado com a recepão brasileira que tatuou o nome do país na coxa esquerda. E ele matou a cobra e mostrou o… bem, quase.

9. OK, a gente vai admitir que eles são bonitões mesmo. Quem nunca teve uma paixãozinha adolescente por uma estrela da música?

10. Eles personificam o jovem de hoje. Se você gosta ou não, os fãs deles não estão nem aí para você. Se a adolescência é uma construção, no entanto, eles são uma das fundações mais sólidas do mercado. Pelo menos, esta semana.

Desde os ano 60, quando os Temptations cantavam My Girl, muitas formações deste tipo surgiram, como The Monkees, primeiro grupo “fabricado”, e Jackson 5, de onde surgiu Michael Jackson.

No começo dos anos 80, os Menudos que davam as cartas, na década seguinte, surgiram New Kids on the Block, Backstreet Boys e ‘N Sync.

Chegando aos anos 2000, quando todo mundo já havia cansado de esperar que um novo Michael Jackson surgisse em uma boy band, o One Direction nasceu de um fracasso.

Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Zayn Malik e Niall Horan, os integrantes da 1D, não se conheciam até participarem individualmente do reality show musical The X Factor. No programa, a cantora Nicole Scherzinger e Simon Cowell, juntou os rapazes para concorrer como um grupo. A química foi imediata, mas a banda acabou em terceiro lugar.

Em seguida vieram os dois álbuns do grupo, Up All Night (2011), e Take Me Home (2012), com sucessos como What Makes You Beautiful e Live While We’re Young, que os levaram para o todo das paradas mundiais.

A turnê mundial Where We Are Tour 2014 chegou ao Brasil na sexta-feira (08), no Parque dos Atletas, e sábado e domingo, em São Paulo, no estádio do Morumbi. 

SERVIÇO

One Direction em São Paulo

Data: Sábado, 10 de maio de 2014.

Show Extra: Domingo, 11 de maio de 2014.

Horário: 19h30

Local: Estádio do Morumbi

Praça Roberto Gomes Pedrosa, nº 1 — Morumbi
Ingressos: de R$ 90 a R$ 600 (esgotados)
Capacidade: 65.000 pessoas.
Classificação etária: Não é permitida a entrada de menores de 6 anos.
De 6 a 13 anos: permitida a entrada acompanhados dos pais ou responsáveis.
14 anos: permitida a entrada desacompanhados.
Central de Vendas Tickets For Fun: 4003-5588

Sem mais artigos