Emicida critica governo Bolsonaro em entrevista

Sempre muito atento aos problemas sociais vividos pelo país, muitos presentes nas letras de suas músicas, Emicida falou sobre o atual momento do Brasil em uma entrevista ao jornal carioca “O Globo”, além de um papo sobre séries e sobre canções.

“Toda a ignroância que a gente produziu e varreu para baixo do tapete resultou no Bolsonaro. E nessa bifurcação de agora, a gente precisa entender se vai pisar no acelerador de alguém que não consegue apresentar um mínimo de humanidade numa tragédia de escala global, ou se a gente consegue ser melhor do que isso. Essa é a provocação que o Brasil tem que resolver”.

O cantor ainda continuou. “Na impossibilidade de tirar o povo do Brasil, seja via genocídio, guerra ou extradição, me parece que se tentou tirar o Brasil das pessoas”.

Emicida também falou sobre racismo. “Todo nós somos impactados pelas consequências dessa tragédia. Se a gente não tratar essa questão como uma ferida da sociedade brasileira, e de uma forma muito evidente, a gente não consegue avançar”.

Sem mais artigos