Cuidar bem da pele ajuda a prevenir doenças

Cuidar da pele nos dias de hoje passou a ser algo muito além do que só estética. A autoestima e saúde emocional estão diretamente vinculadas ao que cada um encontra quando se olha no espelho. Se algo incomoda e tem tratamento, buscar um especialista para melhorar a visão sobre si mesmo, é extremamente válido e pode ainda prevenir transtornos e doenças mentais.

A médica Dra. Adriana Vilarinho, dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da Academia Americana de Dermatologia (AAD) revela que flacidez, rugas, manchas, além do ressecamento pela falta de hidratação adequada. são queixas recorrentes no consultório e explica porque a pele precisa de cuidados específicos.

“A minha grande orientação para esses casos é sobre a importância de estabelecer uma rotina de skincare, aliada a alimentação saudável e o consumo de muito líquido, principalmente água, que é tão importante para a manutenção da vitalidade”, afirma a especialista. “A pele é o maior órgão do corpo humano e, assim como os outros, sofre alterações com o passar dos anos, muitas vezes influenciadas por hábitos diários”.

Para Dra. Adriana, a tecnologia está aí e deve servir ao nosso favor. “Temos todos os tratamentos para melhorar o que nos incomoda. Aliás, associar os protocolos realizados em clínica com os cuidados diários em casa, tornam maiores as chances de bons resultados, atendendo quase que 100% das nossas expectativas”, diz.

A médica acredita na busca pela saúde deve ser sempre de forma integrada. “Cuidar da pele aos primeiros sinais de envelhecimento é uma forma de prevenir que possamos chegar à maturidade mais joviais, porém, não se pode esquecer que o corpo fala. Use filtro solar, cuide da pele, dos cabelos, do corpo e da mente. Busque o seu melhor, por você e, tenho certeza, “velhice” ficará apenas no dicionário”, finaliza.

Sem mais artigos