Uma festa de aniversário surpresa, comemorada no dia 30 de Maio, desencadeou uma grave crise de saúde na família Barbosa, moradora da cidade de Carrollton, no Texas (EUA). O anfitrião estava infectado pelo coronavírus e não sabia, acreditava que sua tosse era em decorrência do trabalho na construção civil.

Naquela noite, ele interagiu com sete pessoas, que consequentemente acabaram repassando o vírus para outras 10: algumas estavam presentes na comemoração e outras não tinham ido. Ao todo, 18 pessoas da mesma família, incluindo idosos, contraíram a doença.

Ron Barbosa é o tio do anfitrião e contou ao veículo WFAA, afiliada da rede ABC, que ele e a esposa, uma médica, preferiram não ir justamente por temerem a pandemia.

A festa reuniu 25 pessoas, que segundo Barbosa, chegaram em momentos diferentes. Eles acreditavam estar seguros, pois estavam apenas em família.

No entanto, entre os infectados estão: duas crianças, quatro idosos e uma paciente com câncer, que realiza quimioterapia.

Os pais de Barbosa, Carole e Frank, são dois dos idosos com coronavírus. Carole recebeu alta da hospital, mas Frank está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e não pode receber visitar.

“Meu pai está por um fio, dizem que está à beira da morte”, relatou Barbosa. “É o melhor tratamento [que ele pode ter]. Você sabe que eles estão lá sozinhos, sem família… É muito triste”, disse ao veículo, bastante emocionado.

Coronavírus: fotos mostram porque é essencial lavar bem as mãos

Sem mais artigos