Homem e mulher passaram cinco meses em UTI

Homem e mulher passaram cinco meses em UTI

Um casal alemão ficou paralisado e passou cinco meses na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) após vagem enlatada. O homem e a mulher contraíram botulismo e quase morreram. O filho do casal escapou da intoxicação por se recusar a comer a vagem. Médicos de Leipzig, a 160 quilômetros de Berlim, reportaram o ocorrido para alertar outros consumidores. As informações foram publicadas no Daily Mail.  

A mulher ficou paralisada do pescoço para baixo e os pulmões começaram a apresentar falhas de funcionamento. Já o marido chegou ao hospital e apresentou sintomas parecidos no dia seguinte. Segundo informações do Journal of Medical Case Reports, 10 casos de botulismo foram registrados na Alemanha desde o início do ano. A mesma toxina causadora do botulismo é usada em injeções de Botox, no entanto em doses menores.

Sem mais artigos