Uma pesquisa feita pela Universidade de Greenwich, na Inglaterra, e publicada no ‘The Journal of Pain’, concluiu que ingerir uma quantidade exata de cerveja é mais eficaz para aliviar os sintomas de dor de cabeça do que alguns medicamentos, como o paracetamol.

O estudo analisou 404 pessoas e comparou os efeitos da bebida e de remédios. Os resultados mostraram que subir o nível alcoólico do sangue para 0,08% aumenta a resistência à dor. “Esta pode ser uma justificativa para as pessoas que abusam do álcool e sofrem de algum tipo de dor crônica, apesar das graves consequências para a saúde”, explicou o médico Trevor Thompson, responsável pela pesquisa.

O especialista comentou que os resultados, obviamente, não são um incentivo ao consumo de cerveja, mas são um caminho para que a ciência crie medicamentos que tenham o mesmo efeito analgésico causado pelo álcool. “O álcool pode ser capaz de reduzir a dor a curto prazo, porém, a longo prazo, só traz malefícios à saúde”, alerta Thompson.

Sem mais artigos