Daniela Lopez é especialista em harmonização facial

Quem nunca ouviu falar sobre harmonização facial? O procedimento estético no rosto vem conquistando adeptos pelo mundo afora nos últimos anos e tem sido assunto nas redes sociais sobre os impactos.

Segundo Daniela Lopez, especialista em Estética e Cosmetologia, a harmonização facial combina diversos procedimentos estéticos, que têm como objetivo corrigir algumas imperfeições do rosto.

“A harmonização facial reúne métodos menos invasivos do que as cirurgias plásticas, por exemplo. Por isso, é possível perceber que o procedimento tem se tornado cada vez mais comum até mesmo fora do mundo dos famosos”, explica.

Antes de realizar a harmonização facial, entretanto, é necessário buscar um profissional qualificado. “Somente profissionais graduados em estética e devidamente especializados são habilitados, por Lei Federal, a realizar o procedimento”, alerta Daniela.

Para auxiliar aqueles que ainda estão inseguros sobre o procedimento, a especialista selecionou mitos e verdades que você precisa conhecer sobre a harmonização facial.

A harmonização facial causa perda de sensibilidade 

Mito. Conforme aponta Lopez, a harmonização facial envolve uma série de procedimentos estéticos considerados não invasivos.

“Qualquer técnica utilizada na harmonização facial, como a aplicação de toxina botulínica – o famoso botox – e a aplicação de ácido hialurônico, é superficial. Por isso, o procedimento não interfere na sensibilidade da pele do rosto”, explica a especialista.

Os resultados da harmonização facial são artificiais 

Mito. É provável que você já tenha visto resultados nada satisfatórios de uma harmonização facial. Por outro lado, já deve ter se encantado com a mudança que ocorreu após o procedimento.

“Os resultados da harmonização facial dependem do profissional que realiza o procedimento e dos traços de cada pessoa. Como as características são singulares, o profissional precisa estudar o paciente e verificar quais técnicas devem ser utilizadas para que o resultado seja o mais natural possível”, aponta Lopez.

A harmonização facial é reversível 

Verdade. Se você tem medo de se arrepender da harmonização facial após realizar o procedimento, pode ficar tranquilo, pois as técnicas são reversíveis.

“Quando realizada com ácido hialurônico, a harmonização facial é totalmente reversível. Para isso, o profissional responsável precisa utilizar a enzima hialuronidase, que irá reverter o resultado”, finaliza a especialista.

Sem mais artigos