A FDA, agência que regula alimentos e medicamentos nos Estados Unidos, aprovou nesta semana o primeiro remédio da história criado exclusivamente para tratar a depressão pós-parto. Segundo a CNN, o Zulresso começará a ser vendido em junho no país.

A fabricante Sage Therapeutics diz que o medicamento pode causar efeitos colaterais como tontura, dor de cabeça e excesso de sono. Quanto à amamentação, a bula recomenda que a suspensão ou não do aleitamento materno seja avaliada pelo médico que acompanha cada paciente.

No Brasil, em cada quatro mulheres, mais de uma apresenta sintomas de depressão pós-parto, segundo levantamento do Journal of Affective Disorders. Em geral, o tratamento inclui uso de antidepressivos disponíveis no mercado e, muitos deles, obrigam as mães a pararem de amamentar.

Sem mais artigos