Arquidiocese de Nova Orleans é contra vacina da Johnson e Johnson

Na contramão do que pede a Organização Mundial da Saúde, com várias campanhas de vacinação pelo mundo contra a Covid-19, uma arquidiocese dos Estados Unidos está pedindo aos fiéis para que não tomem a vacina da Johnson e Jonhson.

A Arquidiocese de Nova Orleans deixou claro sua posição contra a vacina da empresa, a chamando de “moralmente comprometida” pela ligação do antídoto com uma “linhagem celular derivada do aborto”.

Os governo dos EUA já encomendou 100 milhões de doses da vacina da Johnson e Johnson, que devem ser entregues em todo o país até o final de junho.

A arquidiocese afirmou também que a decisão de tomar a vacina cabe a cada um, de acordo com a sua consciência.  “Afirmamos que a decisão de receber a vacina contra a Covid-19 permanece uma decisão de consciência individual, em consulta com o provedor de saúde.

Sem mais artigos