Médica garante que máscara deverá ser usada mesmo com vacinação

Enquanto muitas pessoas anseiam pela chegada das vacinas contra a Covid-19, poucas sabem que as máscaras ainda continuarão sendo importantes mesmo com o cenário de milhões de pessoas vacinadas.

É o que garantiu a médica Margareth Dalcolmo, pneumologista e pesquisadora da Fiocruz, em reportagem da Folha de S. Paulo.

“São medidas civilizatórias. Nós temos um atraso no “timing” das providências. Há oito meses, assim que a epidemia eclodiu, as vacinas começaram a ser produzidas. Isso é uma coisa inédita. Nunca se produziu tanto em tão pouco tempo”, explicou Margareth.

“No Brasil, não há um município que não tenha caso registrado. O vírus vai ficar endêmico. Portanto, o fato de ser vacinado não nos isenta de andar de máscara pelos próximos dois anos, por exemplo”, concluiu a médica.

O Brasil é um dos países que acumulam mais mortes por Covid-19 por 100 mil habitantes no mundo.

Sem mais artigos