Uma mulher norte-americana passou por uma cirurgia de emergência depois que seu vibrador, de aproximadamente 9cm, foi parar na bexiga.

Segundo o site Women’s Health, ela usava o objeto enquanto jantava com o namorado e não teria percebido quando entrou em seu corpo.

“Eu me mexi e senti muito dor. Fiquei em pânico porque tinha acabado de perder algo dentro de mim. Toda vez que ele vibrava, era como se todo meu abdômen se mexesse”, contou.

Ao chegar no hospital, os exames apontaram que o vibrador havia se alojado na bexiga. De acordo com o site, o objeto entrou pela uretra. “Não existe aviso de que isso poderia acontecer. O design pequeno e estreito é perigoso”, comentou.

Vibradores antigos e bizarros:

Vibradores antigos e bizarros

Este modelo de bronze foi encontrado em tumbas chinesas da era da Dinastia Chan (206 a.C. e 220 d.C)
Não se sabe ao certo se os brinquedinhos eram feitos para homens ou para mulheres
Este modelo, do período paleolítico, é considerado um dos
De 1891, este simpático modelo da Era Vitoriana era poderoso e barulhento. Não tinha nem como
O Pulsocon Dr. Macaura's, de 1880, emitia um som semelhante ao de uma catraca e tinha por objetivo aumentar a circulação sanguínea da região íntima. E aumentava, viu?
O modelo Dr. Johansen's vinha com três opções diferentes de massageadores, para dar aquela variada. Também funcionava na base da manivela
O vibrador Detwiller, que mais lembra um secador de cabelo, funcionava graças a um tanque de ar comprimido, que estimulava as vibrações. Não fez muito sucesso.
Parece perigoso, né?
Difícil dizer o que é melhor nesta imagem: o vibrador
Lançado em 1933, o Vibrosage era destinado ao público adolescente. Pelo visto, a dica era usar nos cabelos, rosto e em outras partes...
Nas décadas de 1930 e 1940, os vibradores que também estimulavam a perda de peso começaram a se popularizar. O Redusaway podia ser usado das duas formas!
Rolo de macarrão que vibra? Pode apostar que sim!
O Redutor Spot também foi pensado para proporcionar prazer e queima de gordura localizada. Além de vibrar, a parte inferior contava com uma potente área de sucção
O Stim-u-Lax era bem prático: bastava acoplar à mão e aproveitar a explosão sensorial causada pelas vibrações localizadas. Reza a lenda o aparelho suíço costumava ser utilizado por  mulheres em salões de beleza, enquanto esperavam pelo atendimento. Boa ideia, né?
O Gyro-Lator nasceu em 1945, com essa carinha simpática aí da foto. Feito em metal, foi o primeiro vibrador com
O Niagara foi o primeiro vibrador com um regulador manual de potência (que todo mundo sabia para o que servia)
O Hitachi é um clássico do fim dos anos 60. O sucesso era tamanho que muitos vibradores ainda se inspiram neste modelo. Dá para entender!

Mulher faz cirurgia de emergência após vibrador ficar preso na bexiga

Sem mais artigos