Sindicato denuncia surto de Covid-19 na Globo e cobra providências

O Sindicato de Jornalistas de São Paulo identificou nesta segunda-feira (10) um surto de Covid-19 entre os profissionais da Globo. Como resposta, a organização pede que a Globo estipule medidas de seguranças cabíveis para garantir a segurança dessas pessoas.

“Foram relatados dezenas de casos de covid-19 na empresa nos últimos dias. O Sindicato reivindica a que a emissora teste de maneira imediata todas as pessoas que tiveram contato com profissionais infectados nos últimos dias”, disse a nota do Sindicato.

Além disso, eles também reivindicam o home office para aqueles que apresentam algum sintoma da doença, mesmo que ainda não tenham sido testados para o vírus. Já os que estiverem realmente com Covid-19, devem permanecer em repouso.

“Diante da variante ômicron e da alta dos casos de influenza H3N2, solicitamos à TV Globo que adote o home office para a maior parte dos profissionais que não necessitem exercer seu trabalho presencialmente, além do imediato isolamento daqueles que apresentem sintomas relacionados a doenças respiratórias”, lê-se.

A organização também entrou recentemente em contato com a Record para tratar sobre o assunto.

Sem mais artigos