Com um estilo único de fazer humor, Mauro Faccio Gonçalves, o Zacarias, um dos (talvez o mais engraçado) Trapalhões, deixou um montão de gente órfã de boas piadas na TV após sua morte, em 18 de março de 1990.

Uma insuficiência respiratória levou embora o trapalhão aos 56 anos, mas suas brincadeiras, comportamento ingênuo e risada engraçada permanecem na lembrança dos fãs. O último filme do qual participou foi Uma Escola Atrapalhada (1990).

Zacarias nasceu no dia 18 de janeiro de 1934, em Sete Lagoas, em Minas Gerais. Sua carreira como comediante começou a despontar em Belo Horizonte. Na década de 60, começou a fazer humor em três programas da Rádio Inconfidência. Mauro foi condecorado com o prêmio de melhor humorista nos anos de 1961, 1962 e 1963.

A fama rendeu um convite para trabalhar na TV Excelsior do Rio de Janeiro, onde estreou em um programa de calouros (quando criou o Garçom Moranguinho). De lá foi para a Rede Record, para atuar em A Praça da Alegria e Os Insociáveis.

Em 1976, o humorista foi convidado por Renato Aragão para ser o quarto membro de Os Trapalhões, ao lado de dele, de Dedé e de Mussum.

Saudades dessa lenda, né?

Sem mais artigos