Anne Hathaway não era a primeira, nem a segunda, muito menos a terceira opção dos produtores de “O Diabo Veste Prada” para protagonizar o longa de 2006. Na verdade, seu nome era o nono da lista. Para a atriz, isso serve como lição para que as pessoas “não desistam” de seus sonhos.

A revelação foi feita durante sua participação no programa “RuPaul’s Drag Race”, quando a participante Rosé perguntou se já teve algum papel pelo qual a atriz teve que lutar com “unhas e dentes”.

“Vou te contar uma fofoca: eu era a nona opção para ‘O Diabo Veste Prada'”, relatou Hathaway, que conseguiu abocanhar o papel de Andy Sachs, a assistente de Miranda Priestly, temida editora-chefe de uma revista de moda.

De acordo com a revista Harper’s Bazaar, Rachel McAdams era a principal cotada para viver a personagem. A atriz é conhecida por viver Allie Hamilton, protagonista de “Diário de uma Paixão”, e a icônica vilã Regina George em “Meninas Malvadas”. Clare Danes, da série “Homeland”, e a cantora e atriz Juliette Lewis também teriam feito testes para o papel.

Mesmo não sendo a primeira opção, Hathaway teve sucesso e conquistou a disputada posição. “Eu consegui! Aguente firme, não desista”, destacou a atriz.

Sem mais artigos