Shia LaBeouf, ator da franquia Transformers e de Ninfomaníaca, que estreia nesta sexta-feira (10) nos cinemas brasileiros, anunciou sua aposentadoria após ser acusado de plágio. “Em vista dos recentes ataques contra a minha integridade artística, estou me aposentando da vida pública”, disse o ator no Twitter nesta sexta. “Meu amor vai a todos que já me apoiaram #parardecriar”.

Shia foi acusado de plagiar, em seu curta-metragem HowardCantour.com, trechos e takes de uma graphic novel do norte-americano David Clowes, intitulada Justin M. Damiano.

Ele tentou se desculpar no Twitter, dizendo que “Em minha empolgação e ingenuidade como um cineasta amador, me perdi no processo criativo e fui negligente em relação aos créditos”. Pouco depois, no entanto, foi revelado que o pedido desculpas foi plagiado de uma resposta no site Yahoo Answers. Shia tornou a pedir desculpas, desta vez por ter plagiado o pedido de desculpas.

No dia 1º de janeiro, contratou uma equipe de pilotos para escrever no céu de Los Angeles a mensagem “Sinto muito, Daniel Clowes”. Nessa quarta (8), LaBeouf publicou no Twitter uma carta judicial enviada pelos advogados de Damiano, pedindo para que ele tome as providências exigidas pelo artista. No texto, os advogados dizem que o ator está “Fora de controle” e que suas ações “Trouxeram ainda mais constrangimento” para o seu cliente.

Sem mais artigos