Emma Stone, protagonista do longa Cruella, estaria considerando processar a Disney pelo lançamento do longa. A informação foi divulgada pela ScreenRant.

Recentemente Scarlett Johansson afirmou que vai processar a grande do entretenimento por quebra de contrato pelo lançamento simultâneo do longa nos cinemas e na plataforma de streaming Disney+. Segundo a atriz, isso influenciou na queda de bilheteria que o filme teve logo na segunda semana de estreia.

A mesma coisa aconteceu com “Cruella”, que estreou de forma simultânea nos cinemas e na Disney+. A princípio o filme ficou em uma área premium do streaming em que era preciso pagar um adicional de R$ 60,90 para assistir ao longa.

O ex-editor do site The Hollywood Reporter, Matt Belloni, divulgou em sua newsletter que “Emma Stone, estrela de Cruella, está avaliando suas opções”. Os desdobramentos serão acompanhados nos próximos dias.

Sem mais artigos