Não é novidade que quem mais lucra com a Copa do Mundo é FIFA, mas, desta vez, a organização capitaneada por Joseph Blatter não tem o que comemorar. A Copa do Mundo no Brasil, que começa nesta quinta-feira (12) na Arena Corinthians, no bairro de Itaquera, em São Paulo, arrecadou menos em publicidade do que a edição anterior, na África do Sul.

O montante total embolsado pela FIFA no mundo todo com publicidade de TV nesta edição é avaliado em US$ 1,73 bilhões, uma leve queda em comparação aos US$ 1,74 bilhões de 2010. Os números foram divulgados pela revista norte-americana Hollywood Reporter. O lucro total da organização na Copa de 2010 foi de US$ 2,4 bilhões.

A publicação acrescenta que a queda nos números podem ser atribuídas ao fuso horário do Brasil, que faz com que os jogos sejam transmitidos na Europa em horários menos nobres. Além disso, a revista argumenta que a crise nas emissoras de TV no mundo todo também são fator para a diminuição do valor.

Sem mais artigos