Roger Taylor, baterista do Queen, explicou por que a banda desistiu, em julho, de ter Sasha Baron Cohen (ator de Borat e O Ditador) como protagonista de uma cinebiografia sobre o vocalista Freddie Mercury. Em entrevista à revista Mojo, ele disse que não queria que o filme “fosse uma piada”.

“Eu não quero falar sobre o negócio do Sasha”, disse Taylor, antes de entregar: “Nós sentimos que Sasha provavelmente não era a pessoa certa, no final. Não queríamos que fosse uma piada. Queremos que as pessoas fiquem comovidas”.

Na entrevista, o músico criticou o musical We Will Rock You, sobre o Queen. “A história é… Um tanto estúpida. Mas acho que há bons momentos. Eu realmente tenho aversão a peças musicais, portanto não tem sido fácil”, afirmou.

Em julho, quando foi divulgada a notícia de que Baron Cohen não faria mais Freddie Mercury, o ator declarou ter divergências criativas com os ex-membros do Queen. Os músicos têm a palavra final sobre a escolha do diretor e do roteirista do longa-metragem.

Sem mais artigos