O diretor norte-americano Sam Peckinpah (1925-1984) marcou seu espaço no cinema com sua obra ultra violenta, que praticamente inaugurou determinados cacoetes usados até hoje: a câmera lenta, o jorro de sangue, a estilização da violência. Recursos que tem em Quentin Tarantino seu principal herdeiro.

Tarantino nunca negou sua inspiração pelo universo de Peckinpah, e chegou, em seus filmes, a quase reproduzir certas sequências do mestre.

Pois agora chega a oportunidade de conferir a obra completa do diretor. Peckinpah ganha retrospectiva completa com seus 14 longas sendo exibidos no Cinesesc, em São Paulo. A mostra começou na segunda (14) e segue até dia 23 de julho.

Entre os filmes apresentados, destaque para os maiores clássicos do diretor: Meu Ódio Será Sua Herança (1969), Sob o Domínio do Medo (1971), Os Implacáveis (1972) e Tragam-me a Cabeça de Alfredo Garcia (1974).

Mostra Sam Peckinpah
De 14 a 23 de julho
Cinesesc – Rua Augusta, 2075 – Consolação – São Paulo

Cineasta da violência, Sam Peckinpah ganha retrospectiva completa no Cinesesc em SP

Sem mais artigos