Clássicos Cinemark. Com esse título, começa no final de maio o novo projeto da rede de salas de cinema famosa por priorizar blockbusters e lançamentos de cinema mais comerciais. E como o nome já entrega, trata-se de uma revitalização de filmes que fizeram história.

Nesta primeira temporada, serão seis longas, todos exibidos em alta definição e com legendas em português: Bonequinha de Luxo (1961), Laranja Mecânica (1971), Taxi Driver (1976), Os Embalos de Sábado à Noite (1977), Grease – Nos Tempos da Brilhantina (1978) e Pulp Fiction (1994).

É um filme por semana, e cada filme passa em três horários diferentes: sábado às 23h55, domingo às 12h30 e quarta às 19h30. O projeto acontece em algumas cidades brasileiras, como São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Recife e Salvador, entre outras.

O projeto estreia no sábado 31 de maio com Taxi Driver e se estende pelo mês de junho e início de julho. A grade completa está no site da rede Cinemark.

A ideia de resgatar clássicos do cinema e exibí-los em cópias de alta definição já vem ocorrendo esporadicamente. A Mostra Internacional de São Paulo fez isso com filmes como Lawrence da Arábia e Tubarão. O Cinesesc, em São Paulo, investiu em filmes de Stanley Kubrick: Laranja Mecânica e O Iluminado. E a rede do Espaço Itaú optou por Hitchcock: Um Corpo que Cai e Os Pássaros. Com a novidade do Cinemark, a moda deve pegar de vez.

Sem mais artigos